quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Condenado por morte de casal Richthofen, Daniel Cravinhos sai da prisão



Condenado por morte de casal Richthofen, Daniel Cravinhos sai da prisão

Depois de ter sido condenado a 39 anos pela morte dos pais de Suzane von Richthofen, Daniel Cravinhos deixou a penitenciária em Tremembé, interior de São Paulo, nesta terça-feira (16). Ele agora integra o regime aberto e cumprirá o resto da pena em liberdade. Daniel era namorado de Suzane na época em que o crime foi cometido, em 2002 (ano em que foram presos). As informações são do G1.

Em 2006, Cravinhos foi condenado pelo assassinado do casal von Richthofen - junto com o irmãi, Christian e Suzane. Chistian teve o regime aberto concedido em agosto do ano passado e a defesa de Suzane já entrou com o pedido para que ela também cumpra o restante da pela em liberdade.

Daniel estava, desde 2013, em regime semiaberto, onde era agraciado com cinco saídas temporárias por ano. Esse é o caso atual de Suzane von Richthofen.


Ele cumpriu 16 anos de prisão, tendo sido abatido dois por conta de trabalhos realizados na prisão. Procurada pela reportagem, a advogada de Daniel, Mônica Silva, confirmou que o cliente deixou a prisão, sem dar maiores detalhes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas