quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

TRISTE! Médico é acusado de se recusar a atender criança em UBS recém-inaugurada em Santa Luzia do Paruá; pai precisou apelar pra outros meios

TRISTE! Médico é acusado de se recusar a atender criança em UBS recém-inaugurada em Santa Luzia do Paruá; pai precisou apelar pra outros meios

A ocorrência foi registrada ontem (23), na Unidade de Saude do Distrito Paruá e o relato do pai não é o primeiro, outros pacientes que necessitaram dos serviços que na propaganda deveriam ser ofertados na UBS já denunciaram a mesma situação. Não há profissionais para fazer atendimentos básicos. A criança acabou se ferindo e o pai resolveu levá-la ao local para tratar do ferimento. Ao final uma outra profissional que não ocupa o mesmo cargo se solidarizou com o desabafo do pai e acabou realizando os procedimentos sendo necessário inclusive a colocação de pontos no local.
O pai relatou que ao ter atendimento recusado, tentou entrar em contato com o secretário municipal de saúde não obtendo nenhum êxito naquele momento.
Ao ser informado através de um grupo de WhatsApp sobre o ocorrido o secretário de saúde emitiu uma nota:
Boa noite amigos do Grupo. Eu vi os comentários sobre a saúde. É determinacão do Prefeito e nossa também que todos sejam atendidos com cordialidade, respeito e compromisso, independente de posição partidária, raça, sexo, etc. Todos devem ser atendidos com dignidade. Se o médico se recusou atender,  pedimos que o paciente que não foi atendido nos procure e nos faça a denuncia, que apuraremos os fatos e tomarenos as devidas providências, não prevaricaremos mediante os fatos, porém, temos que receber a denuncia com os elementos necessários para abrirmos uma sindicância, o médico tem que atender bem, e se não atender, o paciente desassistido tem que nos fazer a denúncia, que tomaremos as providencias, mas nunca chegou nenhuma denúncia na Sec. de Saúde, convido o paciente desassistido que vá a secretaria de saúde o mais breve para fazer a denúncia para que os fatos sejam apurados e para que as providencias sejam tomadas. O dever do médico é atender  bem. E o dever do paciente desassistido é fazer a denúncia no órgão responsável, que no caso é a secretaria de saúde. CADA UM DEVE FAZER A SUA PARTE.     Fonte: blog acidadedeverdade 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas