Roseana convocou a reunião pela manhã na casa do pai Sarney, no Calhau, para reafirmar que será sim candidata a governadora e apontou como dois companheiros de chapas ao Senado Federal, Edison Lobão, que vai para a reeleição, e o irmão deputado federal Sarney Filho.
A decisão tomada por ela foi depois de analisar uma pesquisa qualitativa para consumo interno feita pela Escutec em que aponta a impossibilidade hoje de Flávio Dino ganhar no primeiro turno e falou que a rejeição dele, assim como a dela, são altas.
Mas o que animou mesmo a filha de Sarney foi a pesquisa apontar a real chance dela ganhar de seu adversário no segundo turno. O Blog do Luis Cardoso não pode divulgar os números em razão da pesquisa não ter sido registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral.
“Não é uma eleição fácil, mas não é impossível. Digo que é uma eleição possível”, discursou Roseana para um público empolgado.
Ela não informou quando escolherá seu vice na chapa e nem de que região ele virá, assim como não disse quando pretende contratar uma pesquisa para ser divulgada. Abaixo Roseana fala da pesquisa de Flávio Dino: