terça-feira, 19 de junho de 2018

SJNOTÍCIASMA DEFLAGRA OPERAÇÃO EM BUSCA DA VERDADE


                          
 Atenção evangélicos! Digam não aos políticos que através de determinados pastores, estão invadindo a casa de Deus para pedir votos para o                              governador Flávio Dino e seus Aliados.

No final de janeiro de 2018 o Departamento de Jornalismo SJNOTÍCIASMA, deflagrou a  Operação Em Busca da Verdade, com a missão de fazer um minucioso trabalho jornalístico investigativo, referente as denúncias de um suposto esquema montado pelo Governo do Maranhão, para compra de votos antecipadas junto aos fiéis de determinadas Igrejas Evangélicas.

Durante esse período a Operação Em Busca da Verdade, ouviu atentamente as denúncias de como funciona esse suposto esquema de corrupção eleitoral com suposto envolvimento do governo Estado e do município, políticos, aliados políticos do governador Flávio Dino, pastores e um alto funcionário da Caixa Econômica Federal do Maranhão, capelães e lideres evangélicos de várias igrejas da capital e do interior maranhense.

Consta nas denúncias que o governador Flávio Dino estaria usando a máquina administrativa do Estado e do município uma vez que  o prefeito Edivaldo Holanda Júnior também tem participado das reuniões nas igreja evangélicas e por tabela Flávio Dino estaria usando também  maquina administrativa federal uma vez que segundo a fonte, essas reuniões de negociatas de votos conta com a participação de um alto funcionário da Caixa Econômica do Maranhão que coordena o Programa Minha Casa Minha Vida no Maranhão.

                                
                               
         O Governador Flávio Dino aprece na foto abaixo com a bíblia debaixo da mão. Quanta hipocrisia!

                               

Veja como teria surgido o suposto esquema do Governo do Maranhão na negociata de votos nas igrejas evangélicas

O governador Flávio Dino começou uma peregrinação pelas igrejas Evangélicas do Estado, com o objetivo de convencer os pastores a fazerem campanha junto aos fiéis para a sua reeleição, oferecendo vantagens aos pastores que se engajarem no que ele chama de: Luta para manter o Maranhão na linha do progresso, livre da Oligarquia Sarney.

As denúncias enviadas a equipe de reportagem SJNOTÍCASMA, pastores capelães evangélicos que foram nomeados pelo Governo do Estado com salários acima de 20 mil reais, receberam a missão de trabalhar para a reeleição do governador, conquistando as ovelhas das igrejas para o Reino Comunista.

Membros de uma igreja evangélica que por questões de segurança não iremos revelar os seus nomes, indignados com o que está acontecendo, falaram  a nossa reportagem que reuniões contínuas estão sendo realizadas as portas fechadas nas igrejas, entre o Governador Flávio Dino, prefeito Edvaldo Holanda Júnio pastores capelães e lideres evangélicos.

Um outro irmão de igreja falou a nossa reportagem, que em uma dessas reuniões estavam presentes o governador, Flávio Dino, políticos, secretários de Estado e assessores mais próximos do governo e um alto funcionário da Caixa Econômica Federal do Maranhão.

                          
                          O prefeito Edvaldo Holanda Jr, ainda levou de quebra Primeira Dama do município para discursar na igreja.
                             Ela já  é Pastora?  Ou será candidata a deputada nas eleições 2018?
                                                                                       
                              Deputado, pastor e cantor evangélico Edvaldo Holanda

O deputado pastor e cantor evangélico Edvaldo Holanda, pai do prefeito Edvaldo Holanda Jr, pregou a palavra de Deus, cantou, chorou e no final da pregação, pediu votos ao governador Flávio Fino, todo esse palanque eleitoral fora de época segundo informações, teria acontecido na Igreja Ágape, no bairro do São Bernardo, onde o pastor Jesus capelão do Corpo de Bombeiro Militar do Maranhão nomeado pelo governador Flávio Dino, é o líder espiritual daquela igreja. Pode Freud!

A fonte informou que o governador Comunista Flávio Dino, de viva voz falou aos pastores e lideranças de igrejas, que o Governo do Maranhão precisava do apoio de todas as igrejas do Estado, pois queria ter uma votação algo em torno de 80% do eleitorado evangélico do Maranhão, que em troca o governo iria atender em tempo hábil as demandas das igrejas enviadas ao sua equipe pelos pastores evangélicos e que ele  estava colocando 30 mil casas do Programa do Minha Casa Minha Vida do Governo Federal, para serem entregues aos pastores para que esses entregasse os referidos imóveis aos irmãos de igreja que votassem no governo e nos seus aliados e que para essa doação ele estava contando com o apoio de um alto funcionário Caixa Econômica Federal do Maranhão que naquela reunião se fazia presente.

Outras vantagens também foram ofertadas aos pastores e lideres evangélicas que se engajassem na campanha da reeleição do governador comunista do Maranhão.


  A VOZ QUE NÃO PODE CALAR 


Reunião secreta com a presença de secretários do governo pastores, lideranças da igreja Ágape e secretário de segurança e equipe do governo.


As últimas informações passadas ao Departamento de Jornalismo Sjnotíciasma, uma reunião no Agapão, sítio pertencente a igreja Ágape localizada na Zona Rural de São Luís, foi realizada com presença do prefeito municipal de São Luís-MA, Edvaldo Holanda Júnior, secretário de segurança Jefferson Portela, pastor Porto representando o governador Flávio Dino, pastor Jesus da Igreja Ágape, os doze líderes da igreja e um coronel RR . Homens do SI do governo também estavam presente para garantir a segurança e evitar vazamento de informações.

Nessa reunião o prefeito Edvaldo Holanda, teria falado que tanto ele como o governo do Estado, estavam preocupados com o vazamento de informações a imprensa principalmente com as matérias que estavam sendo postadas no SJNOTÍCIAMA. 

Que tinha que ser feito um trabalho investigativo com o objetivo de descobrir pra qual agência de notícias o repórter Stenio Johnny trabalha, quem está passando informações pra ele, e onde estão os vídeos que o repórter diz ter e seu conteúdo. Para isso ele contava com os lideres da igreja ágape e com os homens do SI do governo que estavam sendo pagos, para monitorar o repórter, seguir os seus passos e rastrear o seu celular.

Segundo a fonte que estava presente a reunião, o prefeito se mostrou visivelmente desesperado, chegou a dizer que estava preocupado com a sua permanência na prefeitura de São Luís, pois se fosse vazado o vídeo onde em sua campanha ele falou na igreja que pagaria cada fiel que votasse nele, estaria derrotado pois teria seu mandato cassado.

Meio  nervoso o prefeito teria dito que o SI do governo não estava servindo de nada, que ele já tinha falado com o governador Flavio Dino para que eles falassem com os amigos da Polícia Federal, para fazer o monitoramento d trabalho do repórter Stenio Johnny e suas ligações telefônicas, embora tivessem que pagar mais caro pelos serviços dos federais.

Disse que o governo estava pagando 3 mil reais para cada homem do SI, que até agora não descobriram nada sobre o repórter que continua a postar fatos denegrindo a sua imagem a imagem da sua família e do governo do Estado, expondo a imagem do governo o que poderia gerar um acrise dando armas para os adversário derrotar Flávio Dino nas eleições 2018 para o governo do Estado.

É inadmissível que o SI do governo esteja perdendo para um reporterzinho investigativo.  teria dito o prefeito Edvaldo holanda aos presentes a reunião. Informações passadas por uma fonte!

Em uma outra reunião realizada nessa semana na igreja igreja Ágape, o pastor Jesus teria falado que a situação na igreja estava insuportável que os fiéis estavam começando a abandonar a igreja e que até a seu contrato de renovação com igreja estariam ameaçados devidos as postagens caluniosas que um repórter herege, um demônio que estava postando em seu blog matérias caluniosas para destruir a a sua igreja. 

A fonte nos informou também, que no momento que o pastor falou essas palavras, o coronel RR em um tom ameaçador teria dito  ao pastor que realmente a situação chegou a um momento crítico e insuportável e que ele iria resolver essa parada com o repórter do jeito dele.

Ainda segundo a fonte o medo do governador Flávio Dino é do repórter postar o vídeo onde ele disse aos fiéis da igreja que estava disponibilizando milhares de casas do Programa Minha Casa Minha Vida para os  pastores de determinadas igrejas evangélicas entregassem esses imóveis aos fiéis que votassem nele e nos seus aliados e para isso ele estava contando com a ajuda de um auto faccionário da Caixa Econômica do Maranhão Gerente do Programa Minha Casa Minha Vida, que estava presente naquela reunião.

O governador Flávio Dino está preocupado pois com o vazamento desses vídeos, passa a ser da competência da Polícia Federal investigar essa denúncia, por se tratar de um  suposto esquema de corrupção em um programa do Governo Federal, o que poderia implicar na  cassação do seu registro de candidatura ao governo do Estado.

Diante dessas graves denúncias apuradas na Operação Em Busca da Verdade, deflagrada pelo Departamento de Jornalismo SJNOTÍCIASMA em janeiro de 2018, nós que estamos integrados ao grupo de repórteres investigativos independentes, atuando no Departamento de Operações Jornalísticas Investigativas Especiais(OJIE) e que acima de tudo somos cristãos, não poderíamos cruzar os braços diante dessas denúncias de um suposto esquema de corrupção eleitoral que estaria sendo montado pelo Governo do Maranhão dentro das igrejas evangélicas, com fins eleitoreiros colocando pastores e capelães para usarem o nome de Deus para induzir os fiéis a reeleger o governador Flávio Dino e seus aliados políticos.

A suposta tentativa de negociata eleitoral em determinadas igrejas evangélicas do Maranhão, coloca em cheque a credibilidade dessas respeitáveis instituições religiosas, diante dos cristãos evangélicos que buscam nessas igrejas a palavra de Deus as suas bençãos e o conforto espiritual.

Por conta disso estamos postando essas denúncias, para que o MPF, Justiça Federal, Polícia Federal e o TRE-MA, tomem as providências cabíveis para coibir esse suposto crime eleitoral, que caracteriza compra antecipada de votos que podem mudar os resultados das eleições 2018 no Maranhão.

Governador e políticos aliados com aval de pastores evangélicos, invadem as igrejas, para pedir votos aos fiéis.
Governador Flávio Dino em culto na Igreja do Evangélio Quadrangular, que tem como Pastor o capelão do Corpo de Bombeiros Militar, Paulo Guilherme nomeado por Flávio Dino.
Governador comunista Flávio Dino em discurso, político religioso na Igreja do Evangélio Quadrangular 
Na foto abaixo pastor Guilherme, apresenta o governador Flávio Dino aos Fiéis da Igreja


              Governador Flávio Dino em mais um discurso político-religioso em                                  um igreja evangélica



  A campanha na igreja Ágape está tão forte que até a primeira da Dama do município, dá uma de pastora para pedir aos fiéis votos ao governo






CHAMAMOS À ATENÇÃO DO MPF, TRE-MA e PF PARA INVESTIGAR ESSAS DENÚNCIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas