sábado, 28 de julho de 2018

Candidato Indicado por Lula, assume segundo lugar nas pesquisas


Duas pesquisas divulgadas nesta sexta-feira (27) mostram que Lula, se não puder concorrer, poderá indicar um substituto competitivo. A revista Veja publicou levantamento do Ideia Big Data e a XP Investimentos, do Ipespe, e em ambos, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, quando apresentado como candidato do ex-presidente sobe para o segundo lugar.

Segundo a Big Data, o ex-presidente Lula tem 29% das intenções de voto, mesmo recolhido a uma carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde cumpre pena de prisão por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Já o Ipespe diz que o petista tem 30%.
 De acordo com a pesquisa da Ideia Big Data, que ouviu 2.036 eleitores em todo o país entre 20 e 23 de julho, na pergunta espontânea, em que não são apresentados nomes dos candidatos, Lula (17%) e Bolsonaro (14%) aparecem tecnicamente empatados.

Quando são apresentados os candidatos, Lula tem 29%, Jair Bolsonaro, 17%; Marina (Rede), 10%; Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), empatados com 7%; Álvaro Dias (Podemos), 4%; Henrique Meirelles (MDB) e Manuela Dávila (PCdoB), empatados com 2%; João Amoêdo (Novo) e Guilherme Boulos (PSOL) também empatados, com 1%. Brancos e nulos seriam 12% e não sabem, 8%.
Quando Haddad é apresentado como candidato indicado por Lula, ele fica com 9%

Tucano – Na pesquisa Ipespe, no cenário com Lula candidato, o petista lidera com 30%, seguido por Bolsonaro com 20%. Alckmin tem 9%; Marina e Ciro, 8% cada; Alvaro, 5%; João Amoêdo (Novo), Meirelles e Manuela tem 1% cada. Boulos não pontua, e os não votos ficam em 17%.

Quando Lula é retirado da pesquisa, Bolsonaro lidera com 23%, vindo em seguida Marina Silva, com 12%; Ciro Gomes, 10%; Geraldo Alckmin, 10%; Alvaro Dias, 5%; Henrique Meirelles e Manuela D’Ávila, empatados com 2%; e Guilherme Boulos (Psol), 1%. Os votos nulos, brancos dos que não sabem somam 34%.

Com Fernando Haddad no lugar de Lula, Bolsonaro tem 23%; Marina, 13%; Alckmin e Ciro, empatados com 10%; Álvaro Dias, 5%; Haddad, Meirelles, Manuela Dávila e Guilherme Boulos, empatados com 2%, mas quando Haddad é apresentado como candidato de Lula, ele sobe para a vice-liderança, com 12%.

Neste cenário de Haddad como substituto de Lula, Bolsonaro fica com 22%; Marina, 10%; Alckmin e Ciro empatam com 9%; Alvaro fica com 5%; Manuela com 2%; Meirelles e Boulos empatam com 1% cada. Nulos, brancos e indecisos, 29%.

A pesquisa XP/Ipespe foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como BR-07756/2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas