domingo, 15 de julho de 2018

Imagens fortíssimas: Populares lincham até a morte e ateiam fogo em preso que assassinou adolescente com 16 facadas


15/07/2018 - 17h48 em Notícias
Um grupo de moradores do município de Borba, a 151km de Manaus, invadiu um quartel da Polícia Militar e linchou até a morte jovem identificado como Gabriel Lima Cardorso, de18 anos, ele  estuprou e assassinou uma adolescente identificada como Patriciane Barros dos Santos, de 14, no início deste mês.
Após matar o preso, populares atearam fogo no corpo em frente à unidade.
 De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), o suspeito havia sido preso por volta de 17h30 e levado para a delegacia da cidade.
Por conta da agitação observada com a prisão do jovem, a SSP informou que a equipe da Polícia Civil pediu apoio da PM para fazer o deslocamento do detento até o 9° CIPM, onde ficaria detido.
Com a revolta por conta do crime, uma mobilização de moradores foi organizada pelas redes sociais. Dezenas de populares se reuniram em frente ao quartel da PM e invadiram o local.
A SSP conta que o suspeito foi retirado do prédio e agredido até a morte em via pública.
Após a agressão, a polícia afirma que o grupo colocou o corpo junto a um sofá e, em seguida, fez uma fogueira.
O caso da adolescente
  O corpo de uma adolescente de 14 anos foi encontrado na madrugada desta quarta-feira (4) no quintal de uma casa, no município de Borba, a 151 km de Manaus. De acordo com a Polícia Civil, a vítima tinha diversas perfurações de faca pelo corpo.
A jovem foi encontrada após uma equipe da Polícia Militar receber uma denúncia via 190. A informação era de que o corpo estaria na residência, localizada no bairro Bela Vista.
A polícia foi ao local por volta de 2h e localizou o corpo. A PM verificou que a jovem não apresentava sinais vitais e uma ambulância foi solicitada para encaminhar a vítima ao Hospital de Borba, para constatação do óbito.
Conforme informações da unidade hospitalar, a jovem tinha 16 perfurações de arma branca pelo corpo.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas