terça-feira, 11 de setembro de 2018

Projeto de lei de Umbelino Junior quer incluir testes para recém nascidos na rede pública de Saúde

Projeto de lei de Umbelino Junior quer incluir testes para recém nascidos na rede pública de Saúde


O vereador Umbelino Junior (PPS), apresentou na Câmara Municipal de São Luís, o projeto de lei N° 109/2018 que visa incluir o teste de deficiência de G6PD no teste do pezinho. O exame é capaz de diagnosticar a presença de favismo que é uma anomalia hereditária, que afeta o sangue.

A criança que possui a doença não dispõe de uma enzima chamada Glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD), que tem a função de proteger os glóbulos vermelhos dos danos que algumas substâncias possam provocar, como é o caso de alguns medicamentos, a febre alta ou, principalmente, as favas.

O projeto tem como objetivo oferecer de forma gratuita a realização do exame tanto nos hospitais, quanto nas clínicas e entidades de saúde pública. Em casos de diagnósticos positivos, a unidade hospitalar também deverá informar se a variante é leve, moderada ou severa.

De acordo com o autor do projeto, o vereador Umbelino Junior, a proposta é importante para garantir a detecção de forma precoce. "A deficiência de G6PD é grave e poucas informações são repassadas para a sociedade. Conversei com especialistas sobre o assunto e acreditamos que a oferta do exame na rede pública vai auxiliar no diagnóstico de forma mais ágil e eficaz. Nosso objetivo é garantir que as nossas crianças tenham na rede pública toda uma estrutura de exames", afirmou o parlamentar.

Umbelino Junior que também é Presidente da Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de São Luís, solicitou por meio do projeto que o Poder Executivo acompanhe e forneça as diretrizes de tratamento aos portadores da deficiência, através do sistema público de saúde. A proposta está em análise na Comissão de  Constituição e Justiça e deverá ser votada nos próximos dias no plenário da Câmara Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas