segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Imagens fortes:Maranhense é assassinado com 2 tiros na cabeça dentro de carro em Teresina


29/12/2018 21:43 em Notícias
O montador de subestação de energia, Jonhatan Pereira de Sousa Santos, 35 anos, foi assassinado no fim da tarde deste sábado (29), com dois tiros na lado esquerdo da cabeça, na avenida Gil Martins, no bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina.
Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) o crime ocorreu por volta das 16h45 deste sábado.
O Cabo Lima Filho , da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) da Polícia Militar (PM) , afirmou que Jonhatan Pereira de Sousa, é do município de Presidente Dutra, e ia parar em uma frutaria , mas desistiu e continuou trafegando na avenida Gil Martins, entre as avenidas Barão de Gurgueia e Pedro Freitas, em um automóvel modelo Gol, de cor vermelha, de placa NWT-O618, quando dois homens em uma motocicleta ficaram paralelos ao veículo e efetuaram vários disparos.
Dois dos tiros atingiram o para-brisas dianteiro e dois no lado esquerdo da cabeça de Jonhatan Pereira de Sousa, que teve morte imediata.
Jonhatan Pereira de Sousa estava no automóvel acompanhada de sua mulher, que ficou muita abalada, mas não foi ferida.
A PM foi informada que homens em um automóvel Corolla estavam dando apoio aos dois pistoleiros que executaram Jonhatan Pereira de Sousa, que apesar de ser do município de Presidente Dutra morava há dois anos em Teresina.
Um primo de Jonhatan Pereira disse que o assassinato do montador de subestações de energia elétrica pode ter sido uma execução relacionada com conflitos entre um grupo de bandidos de Presidente Dutra , que já matou um primo da vítima. Jonhatan Pereira de Sousa teria ficado revoltado com o assassinato do primo e teria dito palavras contra os criminosos e agora eles o teriam executado em Teresina.
Os agentes do DHPP acreditam que o assassinato de Jonhatan Pereira de Sousa foi uma execução já que não foi roubado nada do automóvel Gol da vítima. Jonhatan Pereira de Sousa , após ser baleado, ainda continuou conduzindo o Gol até o veículo colidir e derrubar uma parada de ônibus urbanos e ficar próximo de um muro da avenida Gil Martins.
Os peritos do Instituto de Criminalística da Secretaria Estadual de Segurança fizeram perícia no corpo de Jonhatan Pereira e no automóvel Gol e os funcionários do Instituto de Medicina Legal (IML) resgataram o corpo para exame cadavérico.
Fonte: meionorte.com
Fotos: WhatzApp
Fonte:Blog Cozinhandoogalo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas