quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Travestis garantem que foram contratadas e não pagas por professor da UFMA

Ao contrário do que foi equivocadamente divulgado, cinco travestis de fora do Maranhão, sendo três de Goiais, garantem que foram contratadas  por um professor da UFMA ( ainda não identificado) para uma programa não pago.
O professor teria tido relações de ida e volta mas na hora de pagar disse que não tinha o dinheiro. Tudo aconteceu no Hotel Abville, no São Francisco. Elas alegam que o professor teria registrado um BO falso como se fosse a vítima da situação. As travestis ainda chegaram a ser presas, mas depois de tudo esclarecido foram liberadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas