sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

URGENTE! Família do ladrão que levou surra vai processar lutadora de UFC que reagiu!

A lutadora brasileira do UFC, reagiu a um assalto na noite do último sábado em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, e dominou o ladrão que tentava roubar o seu celular.
Segundo reportagem do site "MMAjunkie", a lutadora, estava esperando um Uber na porta do condomínio em que mora quando foi abordada pelo bandido.

"Quando ele viu que eu tinha percebido a presença dele, ele estava bem perto de mim. Ele me perguntou as horas. Eu disse, mas vi que ele não foi embora. Então pus o celular na minha cintura. Aí me me disse: 'Me passa o celular. Não tente reagir, estou armado'. Ele pôs a mão sobre o parecia ser uma arma, mas percebi que estava maleável. Ele estava bem perto de mim. Foi quando pensei: se é uma arma, ele não terá tempo de sacá-la. E dei dois socos e um chute. Ele caiu e o detive com um mata-leão", explicou a lutadora.

O ladrão foi mantido dominado com uma chave de braço até a chegada a polícia. A "arma" usada na tentativa de assalto era feita de papelão.
“Eu não sabia que ela era lutadora de UFC, se eu soubesse não tinha nem tentando roubar ela e nem encostado”, afirmou Robson ao sair da Central de Flagrantes em uma cadeira de rodinhas, com seus familiares.

Segundo informações, a família do assaltante, entrará com um processo contra a lutadora.

De acordo com o advogado da família, eles alegam que a lutadora não agiu em legítima defesa, uma vez que a mesma usou suaS habilidades marciais para espancar o rapaz e com isso se caracterizou o excesso da legítima defesa quando o espancou, contou o advogado.

"Ela viu que a arma era de papelão e usou meu irmão como um saco de pancada, parecia que estava em um Ring, Disse a irmã do ladrão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas