domingo, 6 de janeiro de 2019

Vídeo: em velório, terreno cede e família cai dentro de túmulo


Além da dor da perda de um ente querido, a família de Daniele Barreira, 42 anos, precisou lidar com o constrangimento de ser “engolida” pela cova vizinha de onde sua parente era sepultada no cemitério de Taguatinga. De acordo com a mulher, parte do túmulo ao lado cedeu, “puxando as pessoas para baixo”. As informações são do Metrópoles.

Segundo Daniele, ela e familiares estavam no cemitério nesta sexta-feira (4/1) para o velório da avó, Rosalina Gonçalves Freitas, que morreu aos 85 anos em decorrência do mal de Alzheimer. O que era para ser uma cerimônia de despedida acabou virando uma enorme dor de cabeça para a família, que pretende recorrer à Justiça pelo constrangimento causado.
"Foi um baque muito grande. Os filhos [de Rosalina] ainda estão muito abalados. A cerimônia nem tinha terminado ainda e essa infelicidade aconteceu", disse Daniele Barreira.
Neta da falecida, Daniele relata que a madrinha e um primo caíram na cova que se abriu. Com a queda, a mulher machucou o pé e decidiu acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o socorro. Como se não bastasse, a ambulância também teve problemas com o solo fofo do cemitério e ficou atolada.
VEJA O VÍDEO



Fonte:180 GRAUS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas