sábado, 2 de fevereiro de 2019

Com um voto a mais, Senado fará nova votação para presidente


Ao abrir urna, foram encontrados 82 votos, mas Casa só tem 81 parlamentares
O senador José Maranhao rasga cédulas após o registro de um voto a mais do que o número de senadores Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo
O senador José Maranhao rasga cédulas após o registro de um voto a mais do que o número de senadores Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo
BRASÍLIA — A votação no Senadopara a escolha do presidente será repetida. Na abertura da urna, havia 82 cédulas, mas a Casa tem apenas 81 senadores. Eram 80 cédulas dentro de envelopes e mais duas cédulas avulsas. Diante do impasse, foi quase uma hora de debates para decidir o que fazer. Alguns senadores defendiam a anulação apenas das duas cédulas avulsas, mas os escrutinadores indicados pelos candidatos optaram por refazer a nova votação.vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL BRASÍLIA — A votação no Senadopara a escolha do presidente será repetida. Na abertura da urna, havia 82 cédulas, mas a Casa tem apenas 81 senadores. Eram 80 cédulas dentro de envelopes e mais duas cédulas avulsas. Diante do impasse, foi quase uma hora de debates para decidir o que fazer. Alguns senadores defendiam a anulação apenas das duas cédulas avulsas, mas os escrutinadores indicados pelos candidatos optaram por refazer a nova votação.
BRASÍLIA — A votação no Senadopara a escolha do presidente será repetida. Na abertura da urna, havia 82 cédulas, mas a Casa tem apenas 81 senadores. Eram 80 cédulas dentro de envelopes e mais duas cédulas avulsas. Diante do impasse, foi quase uma hora de debates para decidir o que fazer. Alguns senadores defendiam a anulação apenas das duas cédulas avulsas, mas os escrutinadores indicados pelos candidatos optaram por refazer a nova votação.
Durante o debate, houve galhofa e trocas de acusações. O senador Paulo Rocha (PT-PA) foi um a rir da situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas